Conheça algumas das certificações da Saúde mais relevantes para os armazéns alfandegados.
Créditos: Libraport Campinas

#LIBRAPORTEXPLICA

Quais são as certificações da Saúde que todo armazém alfandegado precisa ter?

As AFE’s e a Certificação de Boas Práticas da ANVISA, bem como a CEIV-PHARMA da IATA, são alguns dos reconhecimentos mais relevantes do nosso segmento.

Autor: Marketing Libraport
Publicado em 25/03/2024

Para que um armazém alfandegado ateste sua qualidade, segurança, excelência nas suas operações e, acima de tudo, a utilização das chamadas BPA’S (Boas Práticas de Armazenagem) na condução do seu negócio, buscar certificações do mercado é o caminho correto. Dessa forma, a Libraport Campinas conquistou alguns desses certificados para que estes atributos fossem devidamente verificados, avaliados, validados pelo mercado!

Cargas destinadas aos segmentos de Saúde Humana e Saúde Animal necessitam de cuidados especiais, armazenamento sob condições específicas em espaços qualificados, monitoramento contínuo, times devidamente treinados e mais . Por isso, a Libraport é um dos recintos alfandegados de zona secundária que mantém certificações de qualidade e excelência nas operações, consideradas primordiais ao seu funcionamento; e acima de tudo, ao atendimento do alto grau de exigência do mercado e de seus clientes regulados.

Confira abaixo algumas das importantes certificações que os prestadores de serviço ao Setor Regulado devem ter em seu currículo:

Licenças e certificações do setor farmacêuticos importantes do nosso negócio

As licenças da ANVISA, conhecidas como “AFE’S”

As AFE’S (sigla para “Autorização de Funcionamento de Empresa”) são as licenças básicas para que um recinto alfandegado possa conduzir operações com produtos do Setor Regulado, e exerça determinada atividade (no caso da Libraport, por exemplo, para armazenagem). As autorizações dão o aval para que um recinto opere no segmento de forma regulamentada diante das normativas e procedimentos estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Sem as AFEs, não há funcionamento e tampouco operações nesse sentido. Para armazenar uma gama de produtos, os armazéns precisam das licenças e possuí-las é uma forma de demonstrar ao cliente que as operações serão conduzidas em ambiente adequados e sob observância das BPA’S, o que traz tranquilidade às operações dos contratantes dos serviços.

As AFE’S são concedidas pela ANVISA para cada “classe de produtos”, a exemplo de:

  • Medicamentos, insumos farmacêuticos e medicamentos controlados
  • Produtos para saúde (os chamados “correlatos”)
  • Cosméticos
  • Alimentos
  • Saneantes

Leia também este post do nosso blog: COMO FUNCIONA O CORREDOR LOGÍSTICO DA LIBRAPORT?

Certificação de Boas Práticas, também da ANVISA

Também concedida pela ANVISA, a Certificação de Boas Práticas de Armazenagem de Medicamentos e Insumos Farmacêuticos é tão relevante quanto as AFEs. Este reconhecimento posiciona as empresas detentoras como cumpridoras das melhores práticas de armazenamento de produtos do segmento de saúde, e garante aos clientes que os recintos atuam com excelência em seus procedimentos.

Para ter a certificação, a empresa interessada deve passar por um processo longo de avaliação, realizada por auditorias organizadas pela própria ANVISA. Neste contexto, são verificadas documentações da empresa, e as auditorias demandam a apresentação de estudos sobre processos internos, além de conhecimento amplo sobre a legislação atrelada à normativa do certificado. A ANVISA possui determinado grau de exigência para conceder a Certificação de Boas Práticas, e analisa aspectos como a adequação das áreas, as condições necessárias de instalações e segurança, entre outros.

A certificação CEIV-PHARMA da IATA

Ao passo que as certificações e licenças da ANVISA possuem validação, reconhecimento e lastro da legislação sanitária de cunho nacional, a certificação CEIV-PHARMA concedida pela IATA (International Air Transporte Association) tem como base principal um conjunto de normativas e diretrizes estabelecidas por organismos internacionais, como:

  • WHO (World Health Organization, ou “Organização Mundial da Saúde”)
  • EU (European Union, ou “União Europeia”)
  • USP (United States Pharmacopia)
  • TCR (Temperature Control Regulations – IATA)

CEIV-PHARMA é a sigla para Center of Excellence for Independent Validators in Pharmaceutical Logistics, que em tradução livre seria “Centro de Excelência para Validadores Independentes na Logística Farmacêutica”.

Esta certificação tem como objetivo auxiliar e normatizar um sólido conceito de Boas Práticas às organizações, e a toda a cadeia de suprimentos de medicamentos através do modal aéreo. Isso também engloba empresas ligadas a este importante Cold Supply Chain, como Ground Handlers e armazéns com controle de temperatura, e outros.

De acordo com a própria IATA, o conceito da certificação CEIV PHARMA surgiu da grande necessidade do próprio mercado (Indústria Farmacêutica) de que fossem estabelecidas diretrizes rígidas no transporte aéreo e armazenamento de medicamentos que exigem controle de temperatura. Este contexto inclui os importantes conceitos de Gestão de Risco, Boas Práticas, Gestão de Fornecedores, Gestão de Contratos, entre outros aspectos que, na sua totalidade, integram o conceito desta certificação.

Para que uma empresa obtenha a certificação CEIV-PHARMA são necessárias auditorias internacionais (Avaliação e Validação) que irão avaliar e verificar todos os aspectos da organização, incluindo-se, mas não limitado a infraestrutura, gestão de pessoas, treinamentos, gestão de risco, gestão de fornecedores, procedimentos, entre outros vários aspectos.

Desta forma, a partir do momento em que o certificado CEIV PHARMA é conquistado, o prestador de serviços receberá um “selo de excelência”. Ele atestará que suas operações e a sua prestação de serviços estão sendo conduzidas não somente em conformidade com os padrões da ANVISA, mas também dos citados organismos internacionais!

A Libraport garante qualidade com seu serviço certificado

Se qualquer um dos órgãos citados acima realizar uma auditoria na Libraport, será verificado que estamos conduzindo nossas operações em total conformidade com os padrões internacionais para o armazenamento de itens voltados à Saúde. Em nossa empresa, o Setor Regulado dispõe de uma atuação séria, qualificada e que reconhece cada carga como um item valioso, que impactará muitas vidas no final da logística.

Para conhecer mais a respeito do nosso armazém alfandegado, entre em contato com o time da Libraport pelos nossos canais de comunicação, como as redes sociais ou o Fale Conosco!